Coronavírus: Santander aumenta o limite do cartão de crédito durante a crise

Coronavírus está assustando e mudando os hábitos de todo o mundo.

Diversas pessoas já estão enfrentando dificuldades para a compra de alguns produtos.

A fim de contribuir com o público, algumas instituições estão procurando novas estratégias de atuação no mercado.

Pensando em facilitar a vida dos clientes que utilizam os serviços dos cartões Santander, a instituição financeira aumentou o limite do cartão de crédito.

Na crise Santander aumenta limite do cartão

Neste último dia 18 de março, o banco Santander anunciou publicamente o aumento de 10% no limite do cartão de crédito dos seus clientes.

Confira também: Nome sujo? Caixa oferece cartão livre de consulta ao SPC e Serasa

De acordo com a instituição financeira, a iniciativa tem como principal objetivo ofertar recursos durante a pandemia do coronavírus.

Santander aumenta limite do cartão durante pandemia de coronavírus.
Foto: Reprodução

Afirmando estar ciente de que é chegado o momento de cuidar um do outro, o banco tentou se mostrar solidário aos clientes, ampliando assim o poder de compra dos mesmos.

Ao longo do texto em que revela o aumento do limite do cartão de crédito, o banco Santander busca mostrar que está apenas pensando em ajudar seus clientes durante o momento de crise.

Veja também: Santander Free – cartão se anuidade*

Presidente do Santander se pronuncia sobre aumento de limite na crise do coronavírus

Sobre a atitude da instituição financeira em aumentar o limite do cartão de crédito, o atual presidente do Santander, Sérgio Rial, se pronunciou.

Em nota, Sérgio Rial afirmou que “a medida adotada pelo Santander permite jogar para a frente o pagamento de algumas despesas, o que pode fazer a diferença para quem já teve o orçamento afetado pelas mudanças na conjuntura econômica.”

Para maiores informações a respeito das atitudes tomadas pelo banco Santander, é recomendado o acesso ao site oficial do mesmo.

Coronavírus faz brasileiros entrarem em quarentena

A fim de fazer com que o vírus Covid-19 não faça novas vítimas, os brasileiros estão sendo instruídos a se manterem em casa.

Visando a não contaminação do povo, as autoridades pedem que todos se mantenham em quarentena, respeitando as instruções contra a doença.

Exceto aqueles que necessitam prestar serviços externos, é solicitado que todos se mantenham reclusos, evitando assim aglomerações.

Jornal Financeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *